Cortinas são ótimos itens de decoração e servem para garantir privacidade ou impedir a entrada excessiva de luz. Além disso, elas deixam os cômodos super charmosos! Falando nisso, você sabe como escolher a cortina certa para cada ambiente?

Cada espaço da casa pede uma cortina específica, pois cada um tem suas particularidades. Por exemplo, uma cortina que bloqueie totalmente a entrada de luz é perfeita para os quartos, mas não é tão legal para a sala de estar.

Para ajudar você a entender qual a cortina certa para cada ambiente que preparamos esse post. Continue lendo! 

Ambientes que costumam precisar de cortinas

Sala de estar

A sala de estar é um ambiente de convivência, onde a família aproveita para assistir filmes ou programas de televisão e passar um tempo confortável juntinha. Além disso, esse costuma ser o cômodo principal do lar, em termos de decoração. 

A cortina para esse espaço pode ser uma sobreposição ou até mesmo uma de tecido mais pesado, para garantir privacidade e, quando necessário, bloquear parcialmente a entrada de luz. 

Quartos

Os quartos devem ser aconchegantes e, durante a noite, precisam ficar totalmente escuros para garantir um sono reparador. 

Sendo assim, as cortinas blackout são ideais para esses cômodos, pois contribuem com a qualidade do seu sono e, claro, da sua vida. 

Para não ter apenas um bloqueador de luz, você pode apostar na sobreposição com um tecido leve e fluído de sua preferência. 

Escritório

Os escritórios em casa ou até mesmo em prédios empresariais precisam da luz solar para que seus usuários possam alcançar a produtividade máxima.

Desse modo, as cortinas de tecidos leves são ótimas escolhas, porque garantem certa privacidade, permitem a entrada de luz e dão charme ao ambiente. 

Dicas para escolher a cortina certa para cada ambiente 

Além das observações que já fizemos sobre cada cômodo, existem outros detalhes a serem reparados na escolha da cortina ideal. Confira mais dicas para acertar na decisão!

Defina o propósito da cortina 

A cortina que você colocará no ambiente servirá para quê? Será uma forma de aquecer a casa no inverno ou bloquear a entrada de luz?

Você colocará uma cortina para ter mais privacidade ou apenas como um item para adicionar charme ao espaço?

Definir o propósito da cortina ajudará a decidir se você precisa de um blackout, uma cortina de tecido pesado ou uma cortina de tecido leve, por exemplo. 

Tire as medidas corretamente

De nada adianta ter uma cortina linda, charmosa e que atende às suas necessidades se ela tem o tamanho errado, não é mesmo?

Para comprar a cortina certa para cada ambiente, você deverá fazer o cálculo do tamanho que precisará. Para isso, será preciso medir com precisão o tamanho da janela. Em seguida, é só somar 40 cm ao tamanho dela.

Depois, basta pegar o resultado e multiplicar por dois, caso o tecido seja encorpado, ou por três, caso seja um tecido mais leve. 

Pareceu complicado? Exemplificaremos! Suponhamos que o tamanho da janela é de 3 metros e que o tecido é leve.

3 + 0,40 x 3 = 10,20 metros será o tamanho da sua cortina.

Bem mais simples de entender, não é? Esperamos que sim!

Prefira os tons mais neutros

Optar por tons mais neutros, como branco, cinza ou bege, permitirá que você ouse mais nos outros itens de decoração e tenha mais liberdade para mudar o estilo do ambiente sempre que quiser. 

Com todas essas informações, você está pronta para escolher a cortina certa para cada ambiente da sua casa. Comece a planejar agora mesmo!

Se você gostou desse post, curta nossa página no Facebook. Sempre compartilhamos dicas como essas por lá!